18 de agosto de 2009

ARCANO IX - O EREMITA

O Encapuzado, O Profeta, O Mago da Voz do Poder, O Eremita, O Ermitão ou O Buscador são apenas alguns dos nomes pelos quais esse arcano é conhecido. Ele nos fala da passagem do tempo e tudo que isso implica em muitos níveis, desde a maturidade e experiência adquirida com os anos e experiências vividas, até a negação da passagem do tempo, a resistência às mudanças e solidão, que muitas vezes é conseqüência dessa postura.

O Eremita representa todo aquele que leva a luz, o conhecimento, o esclarecimento. Por isso, na imensa maioria de suas representações, o peregrino na ilustração carrega uma lanterna em meio um caminho escuro. A lanterna é o símbolo da luz do conhecimento que brilha na escuridão e na solidão.


Essa carta nos revela a consciência das limitações de ser mortal, é a consciência da mortalidade e limitações do corpo, e é a consciência de estar sozinho na vida, por mais cercado de amor e de pessoas... somos sozinhos no corpo.

Tal qual os Deuses, somos uma parte de imenso todo, mas somos também indivíduos,somos únicos em nosso complexo modo de ser também... Deus. É disso que trata O Eremita.
Representa as lições da vida e do tempo que ensinamos aos que estão chegando, seja num caminho espiritual, num emprego, a um filho, a um amigo.

Pode representar um mestre espiritual, um velho sábio, ou a auto-iluminação, a auto-iniciação, um desejo profundo de seguir aquilo que é extremamente significativo e toca seu coração ou u momento de recolhimento temporário.

Numa jogada de saúde, pode simbolizar cura pelas mãos, complicações intestinais ou de coluna, bem como longevidade, dependendo bastante das cartas ao redor.

É um arcano que nos inspira a solidariedade e à busca por sermos uma pessoa melhor, é a compreensão de que tal busca e tal inspiração nasce de dentro e está diretamente ligada a nossos ancestrais, nossos mais velhos e nossos Deuses.

O Eremita simboliza os conhecimentos secretos que acessamos na solidão de nossas meditações, quando entramos em contato com nossos velhos mestres espirituais. Por isso, na verdade, esse arcano nos fala da solidão de associações mortais,físicas, pois espiritualmente nos conecta com os seres espirituais, muito embora nem todos dêem ouvidos a isso. Talvez esse seja o aspecto vivenciado m distorção que nos leva ao sentimento da solidão negativa.

Simboliza a busca de todos nós por respostas, e é nessa busca que alguns, de fato, tronam-se grandes eremitas, levando a luz aos outros que seguem atrás, usando seu trabalho no mundo como um caminho espiritual.

Alguns podem confundir esse arcano com O Hierofante. Nesse caso, vale a lição de Wirth, que nos diz o seguinte a respeito desse arcano: “A missão do Eremita não é fixar crenças pela formulação de dogmas, pois ele não é O Hierofante; ele não se dirige às multidões nem se deixa ser abordado com facilidade e, desta forma, ele prepara eventos formidáveis,pois por ser desconhecido de seus contemporâneos, ele se torna um moldador real do futuro. Sem interesses próprios, ele tece a teia sutil do que está para acontecer.

Em outras palavras, O Eremita muitas vezes se veste de um estranho anonimato, sendo aquele que poucos percebem à frente. Um verdadeiro sábio que mesmo sem a pompa do Hierofante molda muitos que talvez jamais venham a enxergar isso.

PALAVRAS-CHAVE:
sabedoria, busca, introspecção.

SITUAÇÕES E PESSOAS: Pode representar uma pessoa extremamente sábia, um conselheiro sutil, mas a quem o consulente deve muito. No negativo, pode representar alguém fechada em si, anti-social. Pode representar um período de busca, em que a vida amorosa fica em segundo plano. Pode também significar um período de muito trabalho, em que o consulente talvez não receba as honras por seus méritos, mas a recompensa estará em algo melhor, talvez a satisfação de estar trabalhando seja o melhor das honrarias, saiba disso o consulente ou não. Também pode simbolizar um período de isolamento ou sentimento de solidão.

ASPECTOS POSITIVOS:
bênçãos ancestrais, solidariedade, concentração, a paciência, a prudência, o silêncio, a meditação, a busca pela sabedoria, reflexão, introspecção e autoconhecimento, auto-análise, o afastamento das superficialidades.

ASPECTOS NEGATIVOS: introversão exagerada, solidão, auto-suficiência que afasta os outros, isolamento, timidez excessiva.




Bênçãos,
Lua Serena
Figuras: a primeira é do Mystic Tarot, a segunda desconheço o autor, quem souber, por gentileza me avise para eu citar a fonte.
Postar um comentário