23 de abril de 2016

Cozinha da Bruxa 02: Hamamélis


HAMAMÉLIS
Hamamelis virginiana

Também conhecida como hamamelia e aveleira de bruxa
Embora todas as suas partes sejam usadas para os fins medicinais, sendo muito empregada na fitoterapia e na homeopatia, a hamamélis é comumente conhecida para remédios de pele, por sua ação adstringente.
Além dessa atuação, esta planta também possui ação anti-inflamatória, anti-viral, antioxidante, descongestionante, tônica, vasoconstritora e anti-hemorrágica.
É muito indicada para hemorroidas, tendo seu princípio ativo presente e vários medicamentos para este fim;
Sua ação anti-viral e anti-inflamatória também favorece o tratamento de herpes simplex.
Pode ser encontrada na forma de cápsulas, chás, cremes, pomadas, folhas secas, tintura, dentre outras.
A hamamélis, como dito, é conhecida como Witch Hazel – numa tradução livre, aveleira de bruxa, o que a torna uma planta muito mística, embora poucos saibam disso.
Historicamente, todos conhecem a história da varinha de bruxa, não é?!
Pois bem, de acordo com alguns estudos – que inclui o famoso tratado de magia da Idade Média, A Clavícula de Salomão – a varinha ideal deveria ser feita de madeira de avelaneira cortada com apenas um golpe de machado.
Essa ideia se difundiu tanto, na época, que a hamamélis, ou aveleira de bruxa, passou a ser extremamente usada na confecção de varinhas.
Dentre as ações mágicas desta planta, posso destacar para vocês: banimento, proteção e fortalecimento contra ataques mágicos, mau olhado, o mal, em geral... Ela combate o inimigo.
Nesse sentido, não é interessante notar que ela, medicinalmente também combata os inimigos do corpo, por suas ações anti-inflamatória, antioxidante, descongestionante e anti-viral?
Pois é...
Além disso, a aveleira de bruxa é uma planta muito associada aos ancestrais, aos nossos protetores invisíveis.
Por isso, uma boa pedida é queimá-la no incenso na noite dos ancestrais (Samhain).
Você pode, também,oferecer suas flores e avelãs aos antigos que já partiram, coloca-las no seu altar, na noite de celebração, e depois confeccionar amuletos ou incenso de proteção, presenteando seus ascendentes vivos.
Quer proteção, força e contato com os ancestrais e amigos invisíveis?
Hamamélis é uma excelente opção.
Um beijo,
Lua Serena.
Bibliografia:
- Apostila do Curso Formação em Fitoterapia do Instituto Mãe Terra
- História das Ervas Mágicas e Medicinais, de Mar Rey Bueno
- tuasaude.com
Postar um comentário